"Se tiver que amar, ame hoje. Se tiver que sorrir, sorria hoje. Se tiver que chorar, chore hoje. Pois o importante é viver hoje. O ontem já foi e o amanhã talvez não venha." (André Luiz/Chico Xavier)



Meu Perfil
BRASIL, Sudeste, AURIFLAMA, Homem, de 36 a 45 anos, Portuguese
MSN -



Histórico


    Categorias
    Todas as mensagens
     Palestras e Seminários
     Artigos
     Reflexão
     Videos e Fotos


    Votação
     Dê uma nota para meu blog


    Outros sites
     Meus videos no YouTube
     Rede Visão
     TV Mundo Maior
     TV CEI
     Videos Espíritas
     Mensaje Fraternal
     Rádio Boa Nova
     A voz do Espiritismo
     Kardec
     O Consolador
     Universo Espírita
     Casa do Caminho Ave Cristo
     Orson Peter Carrara
     Blog da Marilusa Vasconcellos
     Plinio Oliveira
     Blog Seguindo o Mestre
     Blog do David
     Blog Sabedoria Espírita
     Blog Eterna Consciência
     Blog Mundo Renascer
     Sala de Bate Papo Amigo Espírita
     TV Alvorada Espírita
     Blog Espiritismo-MS
     Blog Ass.Esp.Allan Kardec de Rio Preto
     Blog de Jamiro dos Santos
     Blog de Wanyr Caccia
     REDE AMIGO ESPÍRITA
     Blog de Wellington Balbo
     Espiritismo em video


    Luz Espírita

    Atendimento Oline

    Atendimento Fraterno 1

    Terças-feiras das 19 às 20h.

    Sábados e domingos eventualmente 

     

    Atendimento Fraterno 2

    Segundas, Quartas e Sextas

    das 22 às 23 horas 


    Visite REDE AMIGO ESPIRITA

    Veja mais vídeos pelo site

     

    Participe da Comunidade

    Amigo Espírita

     

     

     
    BLOG AMIGO ESPÍRITA


     

           

    Entrevista com Divaldo Pereira Franco 

     

    1.     O difícil momento vivido pela humanidade está a solicitar uma postura coerente com o que já conhecemos do Evangelho de Jesus. Por que sentimos tanta dificuldade na vivência prática do amor?

    A criatura humana imantada aos vícios ancestrais considera um desafio qualquer tipo de mudança, especialmente as mudanças radicais e profundas do caráter. Por esta razão Jesus Cristo asseverou que é necessário morrer o homem velho, para nascer o homem novo. Esse renascimento é de natureza moral, espiritual.

    Allan Kardec por sua vez, considerou que o verdadeiro espirita é aquele que empreenda a tarefa de ser hoje o melhor do que ontem, amanhã melhor do que hoje, lutando sempre contra as más inclinações.

    Então natural, que de começo tudo isto constitua um desafio. E que este desafio nos iremos transformar em um hábito, até que o hábito se transforme em um costume que incorporaremos em nossa vida.

     

    2.     Há muita carência e angústia no mundo, apesar de todos os motivos de vivermos com alegria e otimismo. Por que o ser humano tende tanto para o lado negativo e difícil das situações?

    O nosso processo antroposocio psicológico vem sendo um instinto para a razão.. somente a 10 mil anos é que adquirimos a consciência do si da nossa realidade. É natural que ajamos mais pelo instinto do que ajamos pela razão. É inevitável que essa tendência que esta arraigada na nossa consciência expresse-se pelo medo, a violência, com sentimentos generativos que nós iremos substituindo a pouco a pouco pelo sentimento da amizade, da fraternidade e do amor

     

    3.     Divaldo em relação a gripe suína, finais dos tempos, os efeitos da mulher fora do lar, que tipo de espíritos estarão reencarnando neste período de transição e quando se dará o início ao Mundo de Regeneração.

    O mundo de Regeneração já começou, ocorre que não será de um momento para o outro. É uma transição muito longa. As criaturas normalmente acostumam-se a visão apocalíptica, a tragédia, o pavor. Mas não será este mundo físico, será um mundo moral. As transformações lentas, e nós estamos acompanhando em todos os seguimentos da sociedade.

    4.     Felizmente vemos o movimento espírita trabalhando bastante em favor do equilíbrio e da serenidade humana. O que podemos acrescentar ao nosso movimento espírita para torná-lo ainda mais eficiente na divulgação e vivência espírita?

    Fidelidade a Jesus e a Allan Kardec.  É uma época de modismos, de novidades sedutoras, em que mesmo os convidados podem ser atraídos para os desvios. Allan Kardec nos advertiu muito a respeito dos falsos profetas, inclusive os da erraticidade. Que nós sejamos fieis aos postulados doutrinários, que estaremos contribuindo para a fidelidade maior da divulgação, pelos exemplos, porque a humanidade esta cansada de palavras.

     

    5.     Como lidar serenamente com as críticas muitas vezes injustas que nos fazem?? Como seguir trabalhando com Jesus sem sentir-se envolvido pelas trevas?  

    De maneira muito fácil. Quando nós recebemos uma luz, somos o primeiro a ficar modificados, mas quando acendemos uma luz íntima então nós nos geramos uma sombra. Enquanto que a luz de fora produz sombra interior. A critica deve ser levada como um instrumento para avaliarmos o nosso trabalho. Há muitas criticas justas, que nos ajudam a reconhecer o nosso erro, a melhorar de conduta iria ser muito louvável, mas se a critica é injusta, não devemos dar valor, porque desta forma ela tomaria um caráter de realidade. Então antigamente a psicologia dizia: existe um observador e o observado. Agora a física diz: só há o observador. O observador que é observado pela observação do observo. Então quando alguém for injusto para comigo, eu confesso que não me incomodo, porque é inevitável, todos nós temos inimigos, o importante é não ser inimigo  de ninguém.

     

    6.   Divaldo, com o crescimento do mercado editorial houve uma proliferação de obras que se dizem espíritas, no entanto, trazem em seu seio equívocos doutrinários. Como separar o joio do trigo, ou seja, de que forma estabelecer um critério eficaz para que o leitor tenha uma fonte segura do conhecimento espírita? E como a espiritualidade maior tem visto os livros que estão sendo editados dando destaque às trevas?

     

    Os bons espíritos louvam tudo que é positivo e nobre. Nós deveremos não considerar como negativos, porque o fato de estarem divulgando o bem já é positivo. Mas a pessoa que começa o estudo da Doutrina pela codificação possui os instrumentos hábeis para distinguir a impostura da verdade, a mistificação e o que é legitimo. Não nos preocupemos, porque todo modismo cai e toda Doutrina que apavora tem um curso muito rápido. A nossa mensagem é de esperança, de paz e de iluminação. Esta previsto que naturalmente os aventureiros se encarregariam de criar embaraços, porque não tendo compromisso com a verdade, naturalmente que a pessoa que tem interesse em criar condições para as suas vantagens materiais e nisto peca pela sua  própria paz.

    Agradecemos a generosidade das perguntas e formulamos votos de muita paz para os nossos queridos telespectadores.

    Vale a pena amar. Seja você quem ama, porquanto amando você estará em paz e estando em paz o mundo é melhor. Muita paz!! 




    Categoria: Videos e Fotos
    Escrito por José Aparecido às 21h22
    [] [envie esta mensagem] [ ]




    [ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]